Trocar a senha

Busca Avançada
Resultados da sua pesquisa

Meus passos giram o mundo

Publicado em 20/11/2017 por Administrador

Para marcar o Dia da Consciência Negra, no dia 20 de novembro, a Diaspora.Black reuniu artistas do Rio e Montevidéu para celebrar a cultura e valorizar o intercâmbio entre a população negra de diferentes cidades do mundo. O resultado é um videoclipe que traduz a atuação da rede de anfitriões e viajantes: fomentar encontros e a promoção da memória negra por meio das viagens.

A proposta é reforçar o valor das trocas e encontros a partir da trajetória de viajantes negras, e o potencial transformador e de afirmação que esses momentos e descobertas em viagens têm em nossas vidas. A música traduz o movimento dos usuários e sua busca por acolhida e porto seguro, enquanto seus passos giram o mundo e constroem um percurso de identidade e pertencimento.

“O vídeo representa a articulação de encontros que a Diaspora.Black propõe aos seus usuários, promovendo intercâmbio da cultura negra presente em todo o mundo”, diz o CEO da empresa, Carlos Humberto Silva.

As imagens foram gravadas em Montevidéu, pelo cineasta Juan Platero, com a participação de ativistas e grupos tradicionais da cultura negra local. Já a música, foi produzida pelo músico e DJ Ivo Beatz, a partir de elementos da música negra brasileira, como os toques de Ijexá. O rap, sobre trajetórias e encontros ancestrais, é uma composição da rapper carioca Re.Fem, em parceria com Helen Nzinga.

O vídeo integra a campanha “Um abraço Negro”, realizada ao longo do mês, em que a empresa mobilizou influenciadores, ativistas e usuários em uma extensa programação de atividades sobre a cultura negra em diáspora. Nesta semana, a rede participa de painéis sobre empreendedorismo e geração de renda na comunidade negra em eventos em Salvador, Rio e São Paulo.