fbpx

Redefinir Senha

clique para habilitar zoom
Carregando Mapas
Não encontramos resultados
abrir mapa
Reserve Aqui
Busca Avançada
Seus resultados de busca
9 de julho de 2017

5 culinárias amigáveis aos veganos ao redor do mundo

Quando falamos de viajar sendo vegan, dois país não são tão parecidos assim. Em alguns destinos, a cozinha vegan e vegetariana é código para aquelas pessoas saudáveis de primeiro mundo que tem uma grana alta pra gastar. Em outros locais, a ideia é tão distante que você vai se encontrar faminto no final do dia, desacreditado de como é difícil encontrar uma refeição decente. Tendo experimentado ambos os lados deste espectro nos últimos sete ano, eu deixo aqui as minhas culinárias favoritas que vão além das óbvias da Índia e China. Em cada uma delas, eu facilmente tive acesso a comidas com preço acessível que eram autênticas da região e não apenas uma adaptação vegana. Então, faça suas malas, traga seu apetite e prepare se para o banquete!

Etiópia

Essa culinária única é uma experiência multi sensorial. Os aromas divinos, a apresentação colorida, e os incríveis sabores dentro do injera, um pão esponjoso feito de teff, e consumido de mãozadas. Beyanetu, o prato vegano, é o que os Cristãos Ortodoxos geralmente se banqueteiam depois de um dia jejuando. Às quartas e sextas ou durante épocas de jejum, essas refeições são muito facilmente encontradas na Etiópia. Se você estiver em Addis Ababa, o Itengue Taitu Hotel possui um buffet de almoço vegano que vale muito o custo benefício, além da wi-fi gratuita.



Trinidad

Eu preciso admitir que não há lugar para comer do que em Trinidad. A colaboração dos sabores caribenhos e indianos é incrível. Doubles, uma popular comida de rua, é um dos meus lanches veganos favoritos. Grão de bico cozido espalhado em uma massa frita, com um chutney doce e molho de pimenta em cima é embalado no melhor estilo de comida de rua por menos de um dólar cada. Isso é tão bom que as pessoas literalmente param na calçada comendo, sem conseguir esperar chegar em casa. Além disso, você encontra uma variedades de pratos de feijões, legumes e vegetais como dhal, channa e pão roti – todos são remanescentes de seu passado indiano somado à identidade caribenha.

Oriente Médio

O Levante tem exportado delícias culinárias que viram musts na dieta vegana. Hummus de grão de bico, baba ghanoush, saladas tabbouleh e fatoush, e o por vezes vegano falafel são os favoritos da região. Mas também não podemos esquecer a contribuição egípcia: foul moudammas (favas amassadas e cozidas), kosh’ari (lentilhas, macarrão, e arroz sob um molho de tomate picante e cebolas fritas), e molokhia (folhas de juta cozidas). Dentre outros pontos de discussão, existe um debate sobre qual país é o melhor na culinária vegana, qual a sua opinião?

Indonesia

Um dos presentes aos veganos mais celebrado do arquipélago é o tempeh. Sim, a China nos deu tofu servido em todas as variedades de texturas e formas, mas a Indonésia pegou o mesmo grão de soja e desenvolveu uma delícia fermentada que pode ser facilmente encontrada em todo o país. Além disso, o arroz frito vegano Nasi Goreng ou a salada de vegetais Gadu Gadu sem ovos, tofu frito ou tempeh formam refeições maravilhosas. Como é típico na região, alguns molhos podem conter pasta de camarão, então lembre-se de perguntar sobre antes de pedi-los.

Zanzibar

Descobrir esse lado da cozinha Swahilli foi um dos melhores erros que eu já cometi. Minha família e eu estávamos dirigindo pelas praias de Oman e precisávamos parar para o almoço. Sem saber estávamos em uma comunidade Omani de Zanzibar e fomos surpreendidos por opções abundantes de pratos com feijões e vegetais cozids em leite de coco como maharage (feijões vermelhor), lubia (ervilha d’angola), andmhogo (mandioca). Eu não sei como essa culinária não é mais difundida pelo mundo, mas eu espero muito que seja logo.

Categoria: Dicas, Viajem
Bem [email protected] à Diaspora.Black!
Assine nossa newsletter e acompanhe nossa trajetória.
Sua inscrição foi concluída. Obrigada!