Trocar a senha

Busca Avançada
Resultados da sua pesquisa

Como ser um Anfitrião Incrível

Publicado em 06/11/2017 por Administrador

A acolhida, o encontro e as boas trocas são pilares da nossa rede! Para receber bem os hóspedes, é preciso estar de braços e coração abertos para essas trocas, mas também tomar alguns cuidados e oferecer alguns diferenciais para que ao final da estadia só restem boas recordações para o viajante e também para o anfitrião! 

A experiência nos mostrou que alguns de nossos mais entusiasmados anfitriões se dedicam tanto para que seus convidados tenham uma boa estadia que eles ficam sem tempo e recursos para si próprios. Eles são incríveis, mas às vezes receber pessoas pode ser uma tarefa muito sacrificante, então vamos tentar simplificar!

Nós da Diaspora.Black separamos alguns passos fáceis que todo o anfitrião pode seguir para que receber pessoas seja muito mais prazeroso. 


Saiba seus objetivos

Você é um anfitrião para ganhar dinheiro? Para ter companhia? Para criar mais arte ou dividir as refeições que você ama preparar? É muito importante reconhecer e se sentir bem sobre suas motivações para  ser um anfitrião, isso te ajudará a estabelecer suas estratégias de abordagem e o modo como se relaciona com seus convidados! 

Mantenha contato!

Antes, durante e depois da confirmação da reserva, é fundamental manter contato com seu hóspede! Estas primeiras impressões são importantes para o convidado se sentir seguro sobre os termos acordados e, principalmente, se sentir bem vindo na estadia. Além disso, é uma forma de conhecer melhor o hóspede, entender suas intenções na viagem e planejar aspectos práticos,  como  a entrega das chaves!

Cerque-se de cuidados!

Imprevistos sempre há de pintar por aí, especialmente em viagens! Pode acontecer de você precisar se ausentar de última hora e não poder receber o seu hóspede! Então, é importante pensar previamente nas alternativas. Primeiro, trocar contatos telefônicos! Também é importante avisar a amigos, vizinhos mente-aberta que possam te ajudar com isso e outros imprevistos. 

Boas-vindas

Faça uma carta ou deixe um recado na geladeira para as  boas-vindas ao hóspede!  Se tiver oportunidade, por que não recebê-lo com frutas, café, lanche ou um drink especial? Isto é um gesto de cuidado e atenção que marca toda a estadia! Sinaliza que a satisfação do convidado é importante para você também! Além disso, também é uma chance de vocês conhecerem ainda mais a trajetória um do outro, as experiências que compartilham e os interesses comuns para viver melhores momentos na estadia!

Prepare seu imóvel

Este é um ponto central! Ao chegar de viagem, seu hóspede espera encontrar um espaço aconchegante e agradável para aliviar o desconforto do deslocamento. Por isso, capriche na arrumação do imóvel, na limpeza das áreas comuns e nos detalhes: separar roupa de cama, toalhas e sabonetes, entre outros itens que podem ser um diferencial! Seja criativo: como você gostaria de ser recebido? Cervejas e chocolates são opções que poucos recusam!

Apresente sua cidade

Um bom anfitrião se preocupa que seu convidado conheça o melhor de sua cidade! Para isso, reúna algumas informações importantes para oferecer ao seu hóspede a partir das intenções e gostos que ele tenha expressado.  Explicar as opções de transporte perto de casa, sugestões de restaurantes ou supermercado próximos e também indicações de eventos e atividades que só os ‘locais’ conhecem são formas de conquistar o visitante!  

Esclareça as regras!

Atente para as regras de cancelamento da sua reserva, e oriente o hóspede para os casos excepcionais previstos. É importante frisar que a negociação de pagamento nunca deve ser feita diretamente entre hóspede e anfitrião, para garantir a segurança de ambos! É importante também frisar regras que você estabelece em sua casa: horários de check-out, utilização de chaves e utensílios, entre outros itens.

Alerte sobre riscos

Toda cidade tem seus modos, riscos e hábitos particulares. Alertar o anfitrião para alguns desses itens é uma forma de preveni-lo de situações inesperadas. O racismo e outras violências se manifestam de diferentes maneiras em cada cidade. Se você conhece esses meandros, cabe conversar com o hóspede sobre a situação e alertá-lo como agir em caso de incidentes. Isso fará com que ele fique mais seguro e evite reações exageradas que possam colocá-lo em perigo.

Compartilhe a experiência! 

O propósito de nossa rede é valorizar experiências focadas na cultura negra! Compartilhar esses momentos é parte dessa vocação, para que mais viajantes e anfitriões possam se inspirar a viver essas trocas. E mais do que isso: os relatos e avaliações da estadia, dos hóspedes e anfitriões, são úteis para outros integrantes da rede na escolha de receber ou não um visitante. Por último, a experiência desse encontro, as ideias trocadas e as trajetórias que se encontram formam uma teia, a rede da diáspora africana em cada cidade. Contar essas histórias é ressignificar nossa memória como povo! Vamos juntos!

#VivaDiaspora