Redefinir Senha

Busca Avançada
Seus resultados de busca
8 de junho de 2018

Um Dia no Quilombo

Marque a data! Dia 7 de julho vamos viver uma experiência inesquecível: roda de conversa, jongo, culinária tradicional no Quilombo da Fazenda, em Ubatuba (SP)

 

Uma imersão na cultura quilombola. Esta é a proposta da primeira experiência turística promovida pela Diaspora.Black, no próximo dia 7 de julho. O destino é o  Quilombo da Fazenda , em Ubatuba, uma das mais tradicionais comunidades quilombolas do litoral norte de São Paulo.  Em área de grande beleza natural, no Parque Nacional da Serra do Mar, entre as cachoeiras e a praia, a comunidade se estabeleceu na região da antiga fazenda Pinciguaba (Refúgio de Peixes, em Tupi), no Século XIX.

A comunidade, reconhecida desde 2005, trabalha com turismo de base comunitária, em que a tradição e a cultura local são o grande atrativo aos visitantes. Neste modelo, mais do que uma experiência de consumo, o turismo é uma oportunidade de vivência, de conhecer uma nova cultura, reduzir as fronteiras entre outras formas de viver. E mais: é uma ação de valorização e preservação daquela tradição cultural, uma vez que a transmissão oral e a receita gerada com os visitantes é uma das principais forma de sustento econômico da comunidade.

O roteiro promovido pela Diaspora.Black inaugura uma nova etapa da empresa: a oferta de experiências culturais autênticas e memoráveis, focadas na valorização da população negra. “O modelo de turismo de impacto visa, sobretudo, a geração de renda para a comunidade negra que vive do turismo, ampliando a visibilidade sobre seu trabalho, o contato com potenciais clientes e, sobretudo, enaltecendo o saber e a tradição daquela comunidade”, afirma o CEO da empresa, Carlos Humberto Silva.

O roteiro do Quilombo da Fazenda  foi especialmente organizado para a Diaspora.Black! A visita faz parte da  Rota da Liberdade –circuito de quilombos e fazendas do Vale do Paraíba, na divisa entre São Paulo e Rio de Janeiro. Reconhecido pela Unesco, o roteiro idealizado por Solange Barbosa convida o visitante a conhecer a contribuição negra; a refazer seu percurso de afirmação.

A visita inclui um passeio  completo pelos arredores da comunidade, conhecendo cachoeiras e paisagens naturais além do cotidiano e das manifestações culturais do Quilombo.  O turista participa de rodas de conversa sobre a memória local; produz estampas em tecido; dança o jongo; e degusta receitas tradicionais com a farinha que ele mesmo produz –sob a orientação atenta do anfitrião Zé Pedro, o mais antigo da comunidade, com 86 anos. É ele quem apresenta a história da comunidade e também a Casa da Farinha, construção original da fazenda que por décadas representou o principal sustento das famílias.

O valor de inscrição é de R$ 375, com direito ao traslado entre São Paulo e Ubatuba, almoço, oficinas, lanches e guia.  Crianças entre 7 e 12 anos pagam meia, e os pequenos de até 6 anos não pagam!  O valor pode ser pago por depósito bancário ou transferência – o comprovante de depósito deve ser encaminhado por email [email protected] ou pelo Whatsap:  (11) 94566 7488. Em caso de dúvidas, entre em contato!

As vagas são limitadas!  Para participar, os interessados devem se inscrever no link:

http://bit.ly/UmDianoQuilombo

 

#VivaDiaspora

Para continuar a usar este site, você concorda com uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close