Redefinir Senha

Busca Avançada
Your search results
18 de setembro de 2017

Primavera em Guaratiba

A celebração da estação das flores  marca a  VI Festa Que venha a Primavera!,  nos dias 23 e 24 de setembro, na Casa das Mulheres de Pedra, em Pedra de Guaratiba. Um dos espaços da nossa rede, a Casa é liderada por Leila Netto e realiza diversas iniciativas de articulação de mulheres negras na Zona Oeste do Rio. Neste fim de semana, a  programação inclui atividades de formação e militância para mulheres e juventude, bicicletada pela região, expositores da economia solidária e mostra de cinema.

A festa acontece na própria casa e também ocupa espaços públicos do entorno, como praças e píeres, com o objetivo de mobilizar moradores da comunidade de Guaratiba e entorno, além de ativista e  coletivos que atuam nas áreas de sustentabilidade e empoderamento negro e feminino. Para viver uma imersão, acompanhando a organização e vivendo as trocas com todos envolvidos na festa, a casa recebe com hospedagem solidária os interessados no evento, que podem fazer sua reserva pela página da casa na Diaspora.Black com diárias flexíveis a partir de R$ 30.

No sábado, a partir das 9h, uma pedalada pelo litoral inicia a programação. Em seguida, às 10h, uma roda de conversa reúne movimentos de juventudes. À tarde, há Feira Solidária, com 30 expositores locais, troca de mudas, oficina de produção audiovisual e de confecção de bonecas, performances de poesia, teatro, moda e exibição de filmes.  No domingo, a programação tem debate sobre afeto e solidariedade entre as mulheres, oficinas e cortejos de maracatu, peça de teatro, vivências sobre autocuidado e corpo feminino, além de exposições permanentes de artes plásticas, terapias holísticas, saraus, e outras atividades.

A Casa das Mulheres de Pedra é a sede do coletivo que realiza atividades de formação e militância para valorizar o protagonismo das mulheres negras há mais de 10 anos. Liderada por Leila Netto, casa articula redes de economia solidária, artistas e artesões, realiza formações desenvolvimento sustentável e reciclagem na região de Pedra de Guaratiba. A casa é um espaço de acolhida solidária, que reúne  artistas plásticas, teatrólogas, professoras, cantoras, artesãs, donas de casa, costureiras, paisagistas, cozinheiras, entre muitas outras mulheres que contam suas histórias e visões de mundo para fortalecer suas identidades e suas comunidades.

#VivaDiaspora