Intercâmbio cultural: Wẹẹbu ti imo (Teias de Conhecimento, em yorùbá)

Intercâmbio cultural: Wẹẹbu ti imo (Teias de Conhecimento, em yorùbá)
O intercâmbio tem como objetivo compartilhar conhecimentos, movimentações e corporalidade das danças jeje (vodum), yorùbá (ketu) e capoeira angola. As oficinas serão online e ministradas em parceria com artistas convidados. Para danças jeje (vodun) contaremos com a presença do bailarino internacional beninense Guillaume Niedjo. Para danças yorùba (ketu) contaremos com a presença do bailarino internacional cubano Israel Valdés. Para capoeira angola contaremos com a presença do Mestre Zelão.

R$ 0,00
20/05/2022
-
03/06/2022
19h
-
03/06/2022
R$ 0,00
40 participantes
Duração 03h
Aulas não disponíveis após o curso
Cancelamento Gratuito

Descrição

O intercâmbio tem como objetivo compartilhar conhecimentos, movimentações e corporalidade das danças jeje (vodum), yorùbá (ketu) e capoeira angola. As oficinas serão online, gratuitas e ministradas em parceria com três artistas convidados.

‌O Intercâmbio Wẹẹbu ti imo é uma realização do Grupo Ewé e do Corpo Rastreado com o apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança da Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura, com o objetivo de proporcionar aos interessados uma forma de sistematizar o corpo e organizar estéticas para a dança, propiciando aos participantes pensar questões a partir do corpo afrocentrado.

‌Para danças jeje (vodun) o grupo Ewé conta com a presença do bailarino, coreógrafo e percussionista internacional beninese Guillaume Niedjo que é bailarino do Ballet Nacional do Benin desde 2005, coreógrafo assistente da companhia Walô desde 2006 e professor de dança do Centre Choregraphique of Mr Marcel Gbeffa (Mullticorps). Tem participado como bailarino, coreógrafo e professor de dança em diversas companhias, escolas e festivais, por todo o mundo.

‌Para danças yorùba (ketu) contaremos com a presença do bailarino internacional cubano Israel Valdés que começou sua carreira no ano de 2003 com práticas pré – profissionais do Conjunto Folklórico Nacional de Cuba, ao longo de sua carreira como bailarino foi convidado por diversas companhias renomadas em Cuba como Compañía Free Dance, em 2012 foi convidado como professor, bailarino e coreógrafo pela NPO Tiempo Iberoamericano para trabalhar em Fukuoka, Japão, por 6 meses, depois em 2013 regressa ao Japão participando de todos os eventos por 10 meses. Valdés realizou diversos workshops de bailes cubanos nas escolas de Dança de Salão Luiz Valença e Casa España e também integrou a equipe de professores do Festival Viva Cuba Fast edição Rio de Janeiro ministrando Rumba.

‌E para a oficina de Capoeira angola o Grupo Ewé contará com a presença do Mestre Zelão de São Luís de Maranhão, que iniciou na capoeira aos 12 anos de idade com o mestre Baiano e com o contra mestre Bira no grupo de capoeira Marabaiana, na da década de 80 aprimorou seus conhecimentos no Grupo Cativeiro com o mestre Miguel em São Paulo. Em 2007, obteve bacharelado e licenciatura em História pela PUC São Paulo. O Mestre é também educador, arte educador e educador social em escolas públicas, particulares e ONGs. Em 2009, fundou a Escola Mutungo de Capoeira Angola com o objetivo de difundir e promover os saberes da capoeira angola.

‌Informações:

‌Os participantes devem ter idade a partir de 16 anos
As oficinas serão: Online e Gratuito
Período: 27/04 a 04/06 (Quartas e sextas feiras)

Horário: Das 19:00 às 22:00 horas



Escolha a data para participar

20/05/2022   19h - 22h


25/05/2022   19h - 22h


27/05/2022   19h - 22h



Quem faz

Rafa Araujo Bailarina e Produtora no Grupo Ewé

O Grupo Ewé promove e estrutura sua pesquisa em dança através de estímulos e disparadores acerca da cultura de matrizes africanas. Por se tratar de um grupo independente, o Ewé contou sempre com o financiamento interno em suas ações, na montagem e produção de espetáculo. A primeira exceção se dá no mais recente projeto do Grupo, chamado "Cicatrizes", contemplado pelo Programa de Fomento à Dança da Cidade de São Paulo, 26ª edição. Dirigido e coordenado pelo bailarino Luiz Anastácio, no grupo se pensa uma estrutura contemporânea a ser abarcada por outras formas e estéticas que não seja o modo eurocêntrico de produzir. A Cia. vem fomentando atividades de formação nas linguagens de dança e artes negras, buscando promover a transdisciplinaridade e constituir um espaço de resistência, discussão, troca e pesquisa acerca da Cultura Negra em diálogo com a comunidade do entorno. O grupo vem propondo discutir o lugar do corpo e da arte brasileira nos territórios de pertencimento, problematizando e gerando a descentralização das produções artísticas pautadas em um olhar eurocêntrico normativo. Este olhar faz com que materiais da cultura negra sejam desvalorizados e desconsiderados como episteme e como investigações acerca do corpo e da produção de conhecimento no cenário contemporâneo, sendo deslocados dos recintos abrangentes de representatividade, como por exemplo a da população negra, que representa 54% da população brasileira segundo dado do IBGE 2014. O Grupo Ewé atua nesse campo desfavorável de problematizar assuntos que fazem parte da maioria da população brasileira na sua representatividade cultural, mas que ficam invisíveis na sua abrangência; garimpa espaços para legitimar a pesquisa sobre o corpo negro e questões que o engendram culturalmente, gerando problemáticas a serem discutidas nas produções culturais do Brasil. Com isso, buscamos mostrar que é possível, através da cultura de seu povo, estabelecer produção e pensamento de arte, além da estruturação de um corpo que pesquisa sobre o recorte da cultura de matrizes africanas.

Ver página do anfitrião


Talvez você goste

Haiti: arte e resistência negra
Haiti: arte e resistência negra

R$100,00

Consultoria em diversidade e inclusão
Consultoria em diversidade e inclusão

R$300,00

E-book Se Cuida
E-book Se Cuida

R$15,90

StepCheck
StepCheck

R$350,00 210,00

Fale com a gente
Siga-nos
Segurança para você
Todos os dieitos reservados 2021 | Diaspora Experiência e Turismo LTDA      Política de Privacidade  |  Termos e Condições