Oficina de contação de histórias pretas - DNA Ancestral

Oficina de contação de histórias pretas - DNA Ancestral
A oficina aborda os fundamentos da oralidade africana, sua diversidade e sua importância para sociedades africanas e diaspórica.
Aborda também os fundamentos da contação de história preta, a partir da perspectiva africana das/dos mulheres memória/homens memória = Djelimusso/Djelis do país Mali, de nossa oralidade. Você também irá conhecer como é chamada as pessoas contadoras de histórias no povo Yorùbá, Wolof e outros.

Nosso Objetivo é a formação no conhecimento da sua própria capacidade de oralizar, de ser oral e de ser representante e multiplicador da oralidade africana, aqui na diáspora.

Vamos pensar como é contar histórias, pensando na vivência do povo preto e como nossas técnicas podem atingir positivamente as crianças. Vamos falar também de corporeidade preta, de movimento desse corpo preto e da conexão direta que esse corpo estabelece com a literatura negro/africana infantil, transmitindo conhecimentos através da oralidade.  
R$ 140,00
R$ 140,00
20 participantes
Aulas disponíveis após o curso
Cancelamento Rígido

Descrição

Serão duas aulas ao vivo
AULA 01 - Oralidades Africanas
- Oralitura : Oralidade Africana - Conceito, importância de diversidade
‌Oralidade e Literatura : Como as duas dialogam e se complementam

Aula 02 - Contação de histórias pretas
- Contação de histórias pretas de perspectiva afrocêntrica : Conceito, características, elementos importantes representantes, influência do racismo, técnicas afrocêntricas para contar histórias e materiais afrocentrados para contar histórias.
- Como se chama os contadores e as contadoras de histórias em línguas : Yorùbá, Wolof, Mandinga e Bantu e Malgaxe
- Vamos conhecer 3 mulheres artistas da oralidade Mandinga/Malinké, cantoras, tocadoras de Kora e Djelimusso. 
No acesso ao Google Class Room todo material teórico poderá ser baixadoBônus : Vídeos com técnicas para contar histórias pretas. 

Escolha a data para participar


Quem faz

Niní Nayo

Niní Kemba Náyọ̀ é africana renascida na diáspora Salvador, ọmọ kekere Èṣù, Ọ̀ṣun e Ọya, abòrìṣà na ẹgbẹ Orunmila ti Ọbàtálá Adeṣina Ifakundayọ. Filha de Daisy Silva de Jesus e José Carlos da Silva. Pedagoga de formação acadêmica, escritora e contadora de histórias pretas. Idealizou e ministra a Oficina de Contação de Histórias Pretas Literatura de Erê; Pesquisadora da literatura infantil afrocêntrica, oferece formação para profissionais interessados em conhecer sobre essa temática. Pesquisadora e pensadora da educação afrocêntrica, idealizou o curso de Educação Afrocentrada com 3 Módulos. Também atua como consultora pedagógica, oferecendo pacotes de formações para professoras, instituições escolares e famílias pretas. Em 2021 lançou seu primeiro livro infantojuvenil: De onde você veio Ọdẹ? Divulga e oferece suas formações através da página @liteafroinfantil. Além disso, toda Sexta feira, apresenta contações de histórias pretas em seu canal do YouTube LiteAfroInfantil. e-mail de contato [email protected].

Ver página do anfitrião


Talvez você goste

(Gravado)Xangô veio Antes de Rousseau/Yansã Enlouqueceu Freud em seu Divã/Exu
(Gravado)Xangô veio Antes de Rousseau/Yan ...

R$30,00 5,00

Shango came before Rousseau - English
Shango came before Rousseau - English

R$20,00 4,00

UM ÍNDIO - RENASCIMENTOS CULTURAIS E ECONÔMICOS DO NORTE E DO SUL PROFECIA DE CAETANO
UM ÍNDIO - RENASCIMENTOS CULTURAIS E ECON ...

R$10,00

The Sociology of Exu ( Eshu ) - English
The Sociology of Exu ( Eshu ) - English

R$20,00 4,00

Fale com a gente
Siga-nos
Segurança para você
Todos os dieitos reservados 2024 | Diaspora Experiência e Turismo LTDA      Política de Privacidade  |  Termos e Condições